Saiba como limpar o cache de DNS do seu computador.


Ao publicar um novo site na internet, é necessário apontar os DNS do domínio para o servidor no qual os arquivos do site estão armazenados e hospedado.

Essa configuração de apontamento de DNS pode demorar algumas horas para surtirem efeito. Quando ocorre um apontamento de DNS, esta informação precisa ser replicada para o resto do mundo através dos servidores espalhados em locais estratégicos no planeta denominado de root servers. Este processo chama-se propagação de DNS.

Você pode acompanhar a propagação de DNS gratuitamente no site https://tools.keycdn.com/ping que através de testes de ping consegue identificar se outros locais do planeta estão conseguindo acessar o seu site.

 

Como funciona a propagação de DNS?

O mapa a seguir mostra a localização dos principais servidores root servers do planeta.

Estes servidores são alimentados pelas bases de whois. Whois é um banco de dados aonde são registrados novos domínios e seus respectivos endereços DNS.

Qualquer um pode consultar os dados de um domínio qualquer em sites de consultas de whois. Veja por exemplo o resultado de uma consulta ao site da inVettor neste site.

Ao alterar os DNS do seu domínio, o registrante (empresa que fez o registro) irá dentro de algumas horas repassar esta informação para um ou mais servidores root servers, a partir daí, estes servidores irão ser consultados com frequência pelos provedores de telecom para que eles definam qual rota deve ser feita para que seu site possa ser acessado.

Estes provedores, para que não fiquem consultando com muita frequência os root servers e com a intenção de aumentar o tempo de resolução do DNS (identificar qual é o servidor de hospedagem para criar a rota) criam o seu próprio cache de DNS, que consiste em uma cópia dos DNS dos sites mais acessados por seus usuários.

Por este motivo, ao fazer a troca de DNS seu site poderá levar algumas horas, ou até mesmo 1 ou 2 dias para ficar acessível dependendo do servidor que você utiliza e dependendo da frequência de como ele faz a atualização do seu cache de DNS.

O interessante que os próprios sistemas operacionais também fazem isso, assim como os provedores, um sistema Windows por exemplo também cria um cache de informações de DNS e IP dos sites que você mais acessa.

Como consultar o cache de DNS do Windows?

  1. Abra o prompt de comando do Windows.
  2. Digite o comando ipconfig /displaydns > dns.txt
  3. Agora, abra o arquivo dns.txt digitando o comando notepad dns.txt
  4. Será aberto um arquivo com todas as informações de domínio, DNS e IPs que estão em cache no Windows.

Alterei os DNS do meu domínio mas ele não está acessando!

Esta é uma situação comum. Ao trocar os DNS do seu domínio é natural que ele demora algumas horas para entrar on-line, no entanto, se outras pessoas conseguem fazer o acesso e você não, provavelmente será necessário limpar o cache do seu sistema.

Como limpar o cache de DNS do Windows?

  1. Abra o prompt de comando do Windows.
  2. Digite o comando ipconfig /flushdns
  3. Para verificar se o cache está limpo, execute ipconfig /displaydns Você deverá ver a seguinte mensagem; Configuração de IP do Windows, Não foi possível exibir o Cache do DNS Resolver.

Limpei o cache e continuo sem acessar meu site!

Se mesmo limpando o cache do seu sistema o problema persistir, muito provavelmente o problema está no cache do seu provedor. Neste caso, você pode configurar o Windows para responder pelos DNS do Google ao invés do seu provedor, ou usar os DNS da Open DNS da Cisco.

Como configurar os DNS do Google ou da Open DNS em meu computador

  1. Acesse o painel de controle.
  2. Localize no Painel de Controle a Central de Rede e Compartilhamento.
  3. Clique em Alterar configurações do Adaptador.
  4. Clique com o botão direito sobre o adaptador de rede que se encontra conectado na internet.
  5. Clique em Propriedades.
  6. Clique em Protocolo IP Versão 4 (cuidado! Não desmarque este item, apenas clique sobre ele)
  7. Clique em Propriedades.
  8. Localize os campos de DNS, mude o valor do campo para “Usar os seguintes endereços de servidor DNS”. 
  9. Nos campos DNS preferencial, coloque o valor 8.8.8.8 e no campo DNS alternativo coloque o endereço 8.8.4.4
  10. Clique em OK.

Caso queira utilizar os endereços de DNS do Open DNS da Cisco, utilize os IPs 208.67.222.222 e 208.67.220.220.

Deixe seu comentário